Freguesia da Batalha

Onde se semeou história e se colhe cultura

No Reino do Condestável

No Reino do Condestável

 

Clamam as gentes da Batalha

O sentido da sua História

Grandiosa pelos feitos

Na luta pela independência

De um país inferiorizado

Nas fronteiras que o marginam

Com o sentido da plena glória

Contra os malditos invasores

Que mesmo superiores em número

Sucumbiram em Aljubarrota

 

Com o Condestável no comando

Cheio de garra e astúcia

Motivando o seu exército

De conteúdo diminuto

Gritando a plenos pulmões

“Morte aos invasores”

Pelo seu país e seu povo

E pelo rei que era o seu

Mestre de Avis e amigo

D. João I de Portugal

Milagre diz e pensa o povo

Sobre a demanda do homem

Que nunca se deixou melindrar

Nem sequer corromper

E sempre levou por diante

Sua ideia para vencer

Com uma fé inabalável

E um patriotismo sem par

É hoje considerado Santo

D. Nuno Álvares Pereira

 

Ficou o rei aclamado

E a pátria engrandecida

Com esta enormíssima vitória

D. João subiu ao trono

Perante a alegria do povo

No regurgitar da nação

De bandeira desfraldada

E para festejar a contenda

Sua majestade manda edificar

O Mosteiro de Stª. Maria da Vitória

 

António Manuel Rodrigues Martins