Freguesia da Batalha

Onde se semeou história e se colhe cultura

A lenda da bilha d’água

A lenda da bilha d’água

Estava mesmo muito calor

e o campo de batalha abrasador.

 

Graças à bilha d’água

Nós vencemos a batalha!

 

Se me derem atenção,

Conto tudo com emoção.

 

Estavam as tropas cheias de sede

E quase se encostavam às paredes.

 

Antão Vasques, o companheiro,

Foi procurar água no vale inteiro.

 

Procurou, procurou,

Mas nem uma gota encontrou.

 

Passado algum tempo,

Debaixo do calor e algum vento,

 

Encontrou uma camponesa.

Que grande aquela surpresa!

 

Ela tinha uma bilha portuguesa

E a Antão Vasques a deu com muita gentileza.

 

Quanto mais se bebia

Mais a bilha se enchia.

 

Retemperava as forças e a sede saciava

Aquela água tão fresca e aveludada.

 

Perderam os castelhanos, como a história nos contou,

Ganharam os portugueses

E esta guerra acabou

 

Na capela de S.Jorge a bilha foi colocada

Para, ao longo dos tempos, a vitória ser lembrada.

 

Mariana Henriques